Fecomércio RN participa de solenidade de cessão de terreno para implantação do PAX

Federação é parceira do empreendimento, que tem previsão de funcionamento em 2022

A Fecomércio Rio Grande do Norte participou da solenidade de cessão de terreno para implantação do Parque Científico Tecnológico Augusto Severo (PAX), nesta quarta-feira (21), na governadoria. A Federação é parceira no projeto e foi representada pelo Diretor Executivo, Fernando Virgilio.

O projeto do PAX iniciou em 2019, voltado paras as áreas de Energias, Reabilitação em Saúde e Indústria 4.0. O local já está construído no complexo do Instituto Santos Dumont, em Macaíba, ocupando 15 mil m2, para acomodar incubadoras e aceleradoras. A previsão inicial é de que, no segundo semestre de 2022, o Parque inicie suas atividades.

“O PAX irá aproximar universidades e empresas, trazendo desenvolvimento para a região metropolitana de Natal. Temos projetos elaborados, a partir de um trabalho coletivo, envolvendo 13 parceiros, e agora precisamos de chão. E este é um momento de celebração pelo chão que vamos ter”, declarou Ângela Paiva, coordenadora do PAX.

Técnicos da Fecomércio RN participaram ativamente na construção do projeto do Parque, como membros dos eixos de discussões de temas estratégicos, como: Captação de Empresas, Desenvolvimento da Imagem, Sustentabilidade, Gestão, Portfólio de Serviços e Infraestrutura.

“Quando convidados a participar do projeto do PAX, disponibilizamos o nosso corpo técnico para ajudar na construção das propostas de trabalho, pela importância e impacto que ele vai gerar quando implantado. A inovação e a tecnologia trazem benefícios, soluções e ferramentas para os segmentos econômicos”, afirmou o presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz.

A governadora Fátima Bezerra encerrou a solenidade afirmando que este foi um passo importante para o presente e o futuro do Rio Grande do Norte. “O PAX vai ser um instrumento fundamental para o desenvolvimento do estado, associado ao Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação do RN, abrindo as portas para o futuro”, disse.

O PAX conta também com o apoio da Fiern, Sebrae RN, prefeituras das cidades de Natal, Parnamirim, Macaíba e São Gonçalo do Amarante, além da UERN, Instituto Santos Dumont e IFRN.