Demanda por voos domésticos cresce 7% em outubro

O setor aéreo vem registrando alta consecutiva da demanda por passageiros nos últimos meses e, em outubro, não foi diferente. Dados divulgamos pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) na última segunda-feira (22.11) mostram que, não apenas a demanda continua crescendo, como também a procura pelos destinos nacionais. Segundo a ANAC, 6,3 milhões de pessoas viajaram pelo país no último mês, um aumento de 7% em relação a setembro. Já a taxa de ocupação dos aviões foi de 84,3%, o que representa um avanço de 3,2%.

“O turismo nacional é a grande estrela desta retomada. Os brasileiros finalmente estão dando todo o valor que o Brasil merece e aproveitando tudo o que o país tem a oferecer”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. “Além disso, o déficit entre os níveis de 2019 e os atuais está cada dia menor. Os crescentes índices da demanda de passageiros registrada pelo setor aéreo mostram que estamos cada dia mais perto de retomar a potência do nosso setor”, complementou o ministro.

No aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, dos 2,48 milhões de pessoas que passaram pelo terminal em outubro, 2,07 milhões tiveram cidades brasileiras como origem ou destino, ou seja, 83% da movimentação total. Isso representa um crescimento de 37,1% quando comparado com o mesmo mês de 2020.

Já o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), registrou, em outubro, o maior índice mensal de passageiros do ano com 960.218 embarques e desembarques. O número representa uma alta de 36,88% no total de passageiros em relação ao mesmo mês de 2020. Este é o oitavo mês seguido de altas em relação ao mesmo período do ano passado.

TURISMO RESPONSÁVEL – O Ministério do Turismo recomenda uma série de medidas para uma viagem segura, por meio do Selo “Turismo Responsável, Limpo e Seguro”, que estabelece boas práticas de biossegurança para 15 atividades do setor. A iniciativa estabelece protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 e busca auxiliar na retomada segura das atividades tanto para turistas quanto para trabalhadores. O selo está disponível para meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros e pode ser obtido de maneira rápida e segura clicando AQUI.

Fonte: Ministério do Turismo