Presidente da Fecomércio RN participa do Congresso de Smart City em São Paulo

Cidade inteligente, comércio integrado. Foi esse o tema que norteou a mesa de debate da Confederação Nacional do Comércio (CNC) no segundo dia de atividades do Smart City Business Congress, realizado entre os dias 24 e 26 de maio, em São Paulo. O presidente da Fecomércio RN e diretor Administrativo da CNC, Marcelo Queiroz, foi o representante da região Nordeste no encontro.

Junto com os presidentes da Fecomércio Amazonas, Aderson Frota, e da Fecomércio Mato Grosso, José Venceslau, e técnicos da CNC, Sesc, Senac, Fecomércio SP e RS, a mesa debateu sobre o impacto dos conceitos e ações das cidades inteligentes nas atividades econômicas do Comércio, Serviços e Turismo.

“Todos os segmentos econômicos serão impactados. A Cidade Inteligente não envolve apenas a tecnologia, mas também sustentabilidade, economia, empreendedorismo, saúde, mobilidade, qualidade de vida, entre outros conceitos. Cabe a nós, empresários e representantes de entidades empresariais, debater este tema e acompanhar o desenvolvimento de políticas públicas”, comentou o presidente Marcelo Queiroz.

Para ele, o Turismo tem perspectivas claras de crescimento. Segundo a análise de Queiroz, o Turismo Inteligente trará roteiros inovadores, diferenciados, focados no público-alvo, acessível a todos, consolidado sobre uma infraestrutura tecnológica com mobilidade e conectividade, para garantir o desenvolvimento sustentável, facilitando a interação dos visitantes.

“Pensando já nisso, implementamos o Sírio, o Sistema de Inteligência do Turismo do Rio Grande do Norte, desenvolvido em parceria pela Fecomércio RN, Senac e Governo Estadual. Uma plataforma on-line, com acesso gratuito, que reúne dados, fontes e informações para monitoramento do desempenho do setor, auxiliando nas decisões do poder público e iniciativa privada”, disse.

Outro ponto abordado foi a participação das federações e sindicatos na construção dessa cidade inteligente junto aos poderes. O presidente da Fecomércio RN afirmou que o Nordeste tem um longo caminho a percorrer para essa consolidação e tem como desafios a ampliação da infraestrutura tecnológica, acessível para todos; a integração logística e a capacitação profissional.

A Tecnologia 5G irá estimular este desenvolvimento, trazendo à tona novas formas de negócios, trabalho e oferta de serviços. Das 27 capitais brasileiras, somente 12 estão totalmente aptas a operar o 5G, tanto do ponto de vista tecnológico quanto do jurídico, e Natal faz parte deste grupo.

“Os sindicatos empresariais e as federações possuem um papel extremamente importante neste contexto, buscando desenvolver projetos, oferecendo capacitação, como o Senac RN que está reposicionando a oferta de cursos na área de Tecnologia de Informação. Mas também, deve acompanhar e cobrar dos poderes públicos quanto a esta agenda”, afirmou.

Smart Business Congress

Com abertura na terça-feira (24), o evento promovido pelo Instituto Smart City Business America (SCBA), reúne empresas de diversos portes, organizações públicas e especialistas em Smart Cities para debater o tema no ambito privado e público.

A entidade, que trabalha pelo desenvolvimento das Cidades Inteligentes no continente latino-americano, está presente em 11 países da América Latina, além de representação nos Estados Unidos e Espanha.