O Sistema Fecomércio RN em parceria com a Maternidade Januário Cicco, disponibiliza desde abril passado, a estrutura móvel Sesc Saúde Mulher e uma equipe de profissionais de saúde que atuam na triagem das pacientes que chegam ao hospital para atendimento de urgência. A medida visa otimizar os procedimentos de averiguação do estado clínico dessas pacientes, com olhar minucioso para os possíveis sintomas do novo Coronavírus (Covid-19).

A triagem das pacientes é realizada na própria unidade móvel Sesc Saúde Mulher, estacionada no pátio da maternidade, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. As profissionais do Sesc e da Januário Cicco realizam o atendimento por meio de um questionário que possa identificar eventuais doenças respiratórias ou outras situações que apresentem risco de propagação do Covid-19. Se identificados, essas pacientes serão encaminhadas para outros hospitais da rede pública de saúde do estado.

De abril a 22 de junho, 1.587 mulheres passaram pela triagem da unidade móvel antes de dar entrada no hospital. A iniciativa ratifica o compromisso do Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, na adoção de medidas que minimizem os efeitos de propagação do Covid-19.

“A parceria da nossa unidade com a Januário Cicco se soma a uma série de ações que o Sistema Fecomércio RN vem realizando neste momento de união de todos para reduzir os impactos negativos desta pandemia sobre nosso povo e sobre nossa economia”, afirma o presidente do Sistema, Marcelo Queiroz.

Em 2015, a unidade móvel Sesc Saúde Mulher esteve pela primeira vez na Maternidade Januário Cicco, em Natal, para a realização de exames ginecológicos e mamografias gratuitas. O serviço foi sendo consolidado ao longo dos anos com o compromisso em oferecer o melhor atendimento.

O trabalho desenvolvido pelo Sesc nas unidades móveis integra a política nacional de rastreio do câncer, mantida pelo Ministério da Saúde, pois todos os casos identificados da doença são notificados ao município parceiro. Entre 2012 e 2019, foram realizados 60.951 exames – entre mamografias e preventivos – e 157.071 ações educativas, resultando em mais de 1.000 casos identificados e encaminhados.