Comércio eletrônico fatura R$ 2,2 bilhões no Dia das Mães, alta de 5%

O e-commerce faturou R$ 2,2 bilhões no Dia das Mães em 2019, alta nominal (sem considerar a inflação) de 5% na comparação com 2018 (R$ 2,09 bilhões), segundo a Ebit|Nielsen, empresa de mensuração e análise de dados sobre o comércio eletrônico.

O número de pedidos aumentou 20%, para 5,5 milhões, enquanto o tíquete médio registrou retração de 12%, para R$ 402.

O levantamento abrange as compras realizadas entre os dias 27 de abril e 11 de maio.

O período do Dia das Mães pode corresponder a 3,6% dos R$ 61,2 bilhões previstos em faturamento pelo e-commerce em 2019, sendo a segunda data comemorativa mais importante para o calendário do varejo nacional (perde apenas para Natal, que compreende Black Friday).

Moda e acessórios, Perfumaria e cosméticos e Casa & decoração foram as categorias mais compradas. O ranking do faturamento, por sua vez, foi liderado por Eletrodomésticos, Telefonia/Celulares e Casa & Decoração.

“Apesar de maior participação online, os brasileiros estão mais cautelosos nos gastos. Eles procuram manter o orçamento livre de dívidas, deixando para desembolsar mais nas vésperas da data, após pagamento das contas. Não podemos dizer que esse é um comportamento definitivo, mas um indicador, que será confirmado ou não no decorrer do ano”, diz Ana Szasz, head de Ebit|Nielsen.

Fonte: G1