Números que nos orgulham!

Marcelo Fernandes de Queiroz
Presidente do Sistema Fecomércio RN

Começamos o ano de 2018 com esperanças. De que tenhamos um ano com melhores notícias e, sobretudo, com a consolidação da retomada do desenvolvimento econômico do nosso país e do nosso estado. Estamos conscientes de que ainda há um longo caminho a percorrer. Mas, depois de ter lançado, em meu último artigo publicado aqui, luzes sobre os números da nossa economia em 2017, peço licença para desfiar agora um conjunto de outros, estes que enchem de orgulho a todos nós que fazemos o Sistema Fecomércio Rio Grande do Norte.
Antes de mais nada, é preciso reafirmar que nossa estrutura é mantida única e exclusivamente com recursos dos empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do estado. E que sempre tivemos como premissa básica do nosso trabalho darmos a nossa contribuição – efetiva e o mais eficaz possível – para o desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte.

Vamos, pois, aos números e informações que levantamos no ano passado desse nosso trabalho. Com a Fecomércio – que tem como prerrogativa representar o empresariado – consolidamos a implantação e estruturação da Assessoria Legislativa, com acompanhamento de projetos de interesse do setor nos planos municipal (Natal), estadual e federal. Também fizemos a implantação do Programa de Desenvolvimento do Comércio (PDC), conjunto de ações e atividades em parceria com os sindicatos no intuito de estimular o fortalecimento da base filiada. Outra frente em que atuamos foi no fortalecimento da Câmara Empresarial do Turismo, reforçando nosso papel de protagonistas no debate dos temas desta importante cadeia produtiva.

Com o Sesc, nossa entidade voltada ao social, atingimos a marca de quatro mil alunos matriculados nas “Escolas Sesc”, em modalidades como EJA, PHE, Ensino Infantil e Ensino Fundamental. Para se ter uma ideia, desde 2007, já foram beneficiados 43.727 alunos por estas escolas, que hoje são sete em todo o estado.

Nossos cursos gratuitos preparatórios para o Enem, em Natal, Macaíba, Caicó e Mossoró somaram 2.833 alunos de baixa renda beneficiados. Ainda no ano passado, alcançamos a marca de 20 milhões de refeições e lanches balanceados e com preços subsidiados, fornecidos em nossas unidades. Com nossa Clínica Odontológica do Sesc em Natal, referência estadual no setor e mais as clínicas de Mossoró, Caicó e Macaíba, além da Unidade Móvel do OdontoSesc, chegamos à média de 90 mil atendimentos odontológicos por ano.

Investimos mais de R$ 100 mil nas academias Sesc, em Natal e em Mossoró. Os espaços foram ampliados e modernizados. Nossa Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher contabilizou 20 municípios visitados, beneficiando 33 mil mulheres com exames de baixa e média complexidades, todos com demanda reprimida na rede pública de saúde.

Alcançamos 4.300 crianças em situação de risco social atendidas, junto com suas famílias, em Mossoró, Natal e Caicó, por meio do projeto Sesc Cidadão.

Foram mais de 12 milhões de quilos de alimentos distribuídos a cerca de 300 instituições beneficentes, atendendo a 30 mil pessoas carentes por meio do Sesc Mesa Brasil. Em três anos, já contabilizamos 324 pessoas inscritas nas atividades do nosso Trabalho Social com Idosos (TSI) em Natal, Caicó e Mossoró.

Também no ano passado, fechamos em mais de 4.200 pessoas atendidas com o programa Ver para Aprender, em 20 cidades potiguares. Foram mais de 3.500 pares de óculos doados.

Retomados e ampliados por nós em 2009, os Jogos dos Comerciários, hoje reúnem cerca de 3.500 competidores a cada ano. Também foi criada a Corrida do Comérciário, que todo dia 1º de maio reúne cerca de 2 mil corredores em Natal.

Na cultura, entre outras ações, publicamos cerca de 30 livros de autores potiguares desde 2008.

Por meio do Senac, 220 mil matrículas realizadas desde 2007 até o primeiro semestre de 2017 em um portfólio de mais de 350 cursos nos eixos de Turismo e Hospitalidade, Saúde e Beleza, Informática e Gestão e Idiomas. Deste total, nada menos que 120 mil foram matrículas gratuitas, ampliando as possibilidades de acesso de pessoas carentes ao mercado de trabalho.

Criamos e ampliamos o Banco de Oportunidades, que faz a ponte entre alunos e empresas e já contabiliza cerca de 1.400 empresas parceiras. Batemos, no primeiro semestre de 2017, o recorde histórico de matrículas em Idiomas em um único semestre, com 4.200 alunos. Foram, ainda, mais de 15 mil atendimentos gratuitos em ações sociais em bairros de Natal e municípios potiguares.

São muitos números. Mas, como eu disse lá no título deste texto: eles nos orgulham bastante, por isso fiz questão de dividi-los com vocês. Eles são a nossa forma de dizer ao povo do Rio Grande do Norte que pode contar com o Sistema Fecomércio. Que pode contar com os empresários deste estado, para também gerar desenvolvimento social para nosso povo.

Que venham os números de 2018.